Forum Psiquiatria Hoje

Forum destinado à formação continuada na área de psicopatologia e psicofarmacologia
 
InícioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Secretária

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
dipaola



Número de Mensagens : 15
Data de inscrição : 17/09/2008

MensagemAssunto: Secretária   Sex 26 Dez 2008, 09:17



Ficha Técnica
Título Original: Secretary
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 104 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 2002
Site Oficial: www.secretarythemovie.com
Direção: Steven Shainberg
Roteiro: Erin Cressida Wilson, baseado em estória de Mary Gaitskill

Sinopse
Após passar algum tempo em um sanatório, Lee Holloway (Maggie Gyllenhaal) volta para a casa de seus pais pronta para recomeçar sua vida. Ela então faz um curso de secretária e tenta um emprego com E. Edward Grey (James Spader), que tem um escritório de advocacia. Apesar dela nunca antes ter trabalhado Lee é contratada por Grey, que não dá importância para sua falta de experiência. Inicialmente o trabalho parece bem normal e entediante, pois só digita, arquiva e faz café e Lee se esforça para agradar seu chefe e sua mãe, Joan (Lesley Ann Warren), se mostra ansiosa para a filha ser bem sucedida. Lentamente Lee e Grey embarcam em uma relação mais pessoal atrás de portas e cruzam linhas de conduta da sexualidade humana, um caso de amor no qual os papéis de dominação e total submissão ambos desempenham perfeitamente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Edson
Admin
avatar

Número de Mensagens : 128
Data de inscrição : 21/02/2008
Idade : 57

MensagemAssunto: Re: Secretária   Seg 29 Dez 2008, 20:45

Contribuindo:

Secretária

Secretária é um filme que junta a fome com a vontade de comer. A trama narra o encontro de um advogado sádico (o que não deixa de ser uma redundância) com uma secretária masoquista. Provavelmente, seria o filme romântico preferido do Marques de Sade.

E, na verdade, Secretária é mesmo, ao seu modo, um filme meigo e carinhoso. O diretor Steven Shainberg tenta (sabe-se lá por que) transformar o sadomasoquismo em um romance pop. Contudo, se o filme tem méritos, eles ficam todos para impressionante interpretação de Maggie Gyllenhaal. Ela escapa várias vezes do ridículo e consegue dar alma ao seu personagem.

Lee Holloway (Maggie Gyllenhaal) se candidata a uma vaga de secretária na firma de advocacia de E. Edward Grey (James Spader). Infelizmente, Lee não é dona do melhor currículo do mundo. Ela recebeu alta, recentemente, de uma instituição para doentes mentais. Seu problema? Lee adora se auto-mutilar. Aliás, considerando a família que ela tem não é de se estranhar.

Apesar de todos os defeitos, ela é contratada pelo misterioso e taciturno Sr. Grey. A princípio o trabalho parece normal, mas Lee rapidamente vai descobrir que o advogado é um amante da evolução na base da dor. E os erros de digitação não podem ser perdoados. (...)

sinopse completa disponível em :
http://www.zerozen.com.br/video/secretaria.htm




Masoquismo pelo Wikipedia de Portugal:
Masoquismo é uma tendência pela qual uma pessoa busca prazer ao sentir dor ou imaginar que a sente.

Em um sentido extenso pode-se considerar como masoquismo também a forma de prazer com a humilhação verbal.

O masoquismo é a tendência oposta ao sadismo, neste sentido somente se refere ao individualismo sadismo-masoquismo.

A denominação masoquismo define o prazer sexual relacionado com o desejo de sentir dor no corpo, será mediante a humilhação e dominação, o termo foi descrito pelo médico alemão Kraft Ebbing. Entretanto, verifica-se que em muitos casos o prazer não advém exatamente da sensação corpórea de dor, mas sim de uma situação de inferioridade perante o(a) parceiro(a).

Atualmente o masoquismo está incorporado a subcultura BDSM, como uma forma de expressão sócio-sexual coletiva ou individual.




Masoquismo

O foco parafílico do Masoquismo Sexual envolve o ato (real, não simulado) de ser humilhado, espancado, atado ou de outra forma submetido a sofrimento. Alguns indivíduos se sentem perturbados por suas fantasias masoquistas, que podem ser invocadas durante o intercurso sexual ou a masturbação, mas não atuadas de outro modo. Nesses casos, as fantasias masoquistas em geral envolvem ser estuprado estando preso ou atado por outros, sem possibilidade de fuga. Outros agem de acordo com seus desejos sexuais masoquistas por conta própria (por ex., atando a si mesmos, picando-se com alfinetes ou agulhas, auto-administrando choques elétricos ou automutilando-se) ou com um parceiro.

Os atos masoquistas que podem ser buscados com um parceiro incluem contenções (sujeição), colocação de vendas (sujeição sensorial), palmadas, espancamento, açoitamento, choques elétricos, ser cortado, "perfurado e atravessado" (infibulação) e humilhado (por ex., receber sobre si a urina ou as fezes do parceiro, ser forçado a rastejar e latir como um cão, ou ser submetido a abuso verbal). O transvestismo forçado pode ser buscado por sua associação com a humilhação. O indivíduo pode ter um desejo de ser tratado como um bebê indefeso e de usar fraldas ("infantilismo").

Uma forma particularmente perigosa de Masoquismo Sexual, chamada "hipoxifilia", envolve a excitação sexual pela privação de oxigênio, obtida por meio de compressão torácica, garrotes, ataduras, sufocação com saco plástico, máscara ou substância química (freqüentemente um nitrito volátil que produz uma redução temporária da oxigenação cerebral pela vasodilatação periférica). As atividades de privação de oxigênio podem ser executadas a sós ou com um parceiro. Mortes acidentais podem ocorrer devido a mau funcionamento do equipamento, erros na colocação da forca ou da atadura em torno do pescoço ou outros deslizes.Dados dos Estados Unidos, Inglaterra, Austrália e Canadá indicam que uma a duas mortes causadas por hipoxifilia por milhão são detectadas a cada ano. Alguns homens com Masoquismo Sexual também têm Fetichismo, Fetichismo Transvéstico ou Sadismo Sexual. As fantasias sexuais masoquistas tendem a ter estado presentes na infância. A idade na qual iniciam as atividades masoquistas com parceiros é variável, mas geralmente se situa nos primeiros anos da vida adulta. O Masoquismo Sexual geralmente é crônico, com tendência a repetir o mesmo ato masoquista. Alguns indivíduos com Masoquismo Sexual podem dedicar-se a atos masoquistas por muitos anos sem um aumento na sua potencial periculosidade. Outros, entretanto, aumentam a gravidade dos atos masoquistas ao longo do tempo ou durante períodos de estresse, podendo acabar em ferimentos ou até mesmo em morte.

Descrição disponível em :
http://www.sexualidadeevida.com.br/masoquismo.php
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.psiquiatriahoje.com.br
 
Secretária
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Secretárias no Governo Lula recebe presentes
» Problema - (as filhas da secretária)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Forum Psiquiatria Hoje :: Galeria de Arte :: Filmes/DVD-
Ir para: