Forum Psiquiatria Hoje

Forum destinado à formação continuada na área de psicopatologia e psicofarmacologia
 
InícioFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Antidepressivos: Introdução e Indicações

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Edson
Admin
avatar

Número de Mensagens : 128
Data de inscrição : 21/02/2008
Idade : 57

MensagemAssunto: Antidepressivos: Introdução e Indicações   Sex 10 Out 2008, 12:22

Os antidepressivos são drogas que aumentam o tônus psíquico melhorando o humor e, conseqüentemente, melhorando a psicomotricidade de maneira global. Acredita-se que o efeito antidepressivo se dê às custas de um aumento da disponibilidade de neurotransmissores no SNC, notadamente da serotonina (5-HT), da noradrenalina ou norepinefrima (NE) e da dopamina (DA). Ao bloquearem receptores 5HT2 (da serotonina) os antidepressivos também funcionam como antienxaqueca.

O aumento de neurotransmissores na fenda sináptica se dá através do bloqueio da recaptação da NE e da 5HT no neurônio pré-sináptico ou ainda, através da inibição da Monoaminaoxidase (MAO) que é a enzima responsável pela inativação destes neurotransmissores.

Será, portanto, nos sistemas noradrenérgico o serotoninérgico do Sistema Límbico o local de ação das drogas antidepressivas empregadas na terapia dos transtornos da afetividade.

Podemos dividir os antidepressivos em 4 grupos:
1 - Antidepressivos Tricíclicos (ADT)
2 – Inibidores da Monoaminaoxidase (IMAO)
3 - Antidepressivos Atípicos
4 - Inibidores Seletivos de Recaptação da Serotonina

Indicações para Antidepressivos
As indicações para o uso dos antidepressivos vêem, progressivamente, sofrendo ampliação, de acordo com o melhor entendimento sobre a participação dos elementos emocionais em outros transtornos médicos, além da própria depressão.

A própria manifestação clínica polimórfica da depressão já recomenda o uso desses medicamentos para os casos onde essa alteração afetiva se manifesta atipicamente.
Indicações Formais

• Estados Depressivos
• Estados Ansiosos (Pânico...)
• Estados Fóbicos
• Estados Obsessivo-Compulsivos
• Anorexia
• Bulimia

Segundas Indicações
• Estados Hipercinéticos
• Somatizações
• Ejaculação Precoce
• Doenças Psicossomáticas
• Enxaqueca
• Dores neurogênicas

Poderíamos fazer uma analogia didática com o uso dos antialérgicos; não importa se a manifestação da alergia se dá através de rinite, bronquite, sinusite, urticária, dermatite, etc. Para todos esses casos, tendo como base da patologia uma reação alérgica, estariam indicados antialérgicos indistintamente.

Hoje nós sabemos que uma série de manifestações emocionais teria uma base depressiva, portanto, objetos do tratamento com antidepressivos; é o caso, por exemplo, da síndrome do Pânico. Nesses casos o próprio paciente pode não se sentir clinicamente deprimido mas o afeto depressivo (inseguro e pessimista) estaria na base da manifestação ansiosa.



Ballone GJ, Ortolani IV - Psicofarmacologia para Não Psiquiatras, Antidepressivos, in. PsiqWeb, Internet, disponível em www.psiqweb.med.br 2005.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.psiquiatriahoje.com.br
dipaola



Número de Mensagens : 15
Data de inscrição : 17/09/2008

MensagemAssunto: Compreendendo melhor...   Ter 11 Nov 2008, 13:46

1º Parágrafo: Por aumento do tônus psíquico entende-se aumento da disponibilidade de neurotransmissores no SNC?
Ou seja, quanto mais neurotransmissores, NE, DA, 5-HT etc, circulando pelo SNC, menos deprimido é o sujeito?
Ou não é tão simples assim? Imagino que não seja, já que o próprio texto diz:"...Acredita-se que o efeito antidepressivo se dê..."
Portanto, penso que não é claro ainda o funcionamento dos medicamentos psicotrópicos.
Aliás, uma curiosidade: É possível "medir" a disponibilidade de neurotransmissores no SNC? Por exemplo: através daquelas imagens de ressonância?

Ainda 1º parágrafo: A serotonia está ligada a enxaqueca?

Obs: O primeiro e segundo parágrafo são um pouco complicados, acho que pelos nomes e siglas dos neurotransmissores, mas imagino que devemos nos acostumar com eles. Porém, talvez o uso de tabelas e ilustrações facilite a compreensão.

4º Parágrafo: Quanto à divisão dos antidepressivos em 4 grupos, lembro-me que durante a aula, a diferença entres os grupos de antidepressivos ficou bastante clara para mim. De repente, o material da aula poderia ser postado aqui.

8º Parágrafo: Quanto às segundas indicações para os antidepressivos, tenho uma dúvida: Seria possível dizer que há também uma base depressiva neste segundo conjunto de doenças e sintomas?
Por exemplo: haveria uma base depressiva nas dores neurogênicas e nas enxaquecas?
Ou, na verdade, o local de origem dessas doenças é o que o mesmo? No caso o cérebro? E, por isso, os antidepressivos funcionam também para esses casos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Edson
Admin
avatar

Número de Mensagens : 128
Data de inscrição : 21/02/2008
Idade : 57

MensagemAssunto: Re: Antidepressivos: Introdução e Indicações   Ter 18 Nov 2008, 09:46

Esta área do conhecimento sofre rápida expansão. Da idéia inicial de simples aumento da concentração de neurotransmissores na fenda sináptica para os conceitos mais modernos a distância já é grande. Os antidepressivos passaram a ter mecanismos diferenciados ( vide os duais ) e, por exemplo, a sensibilidade dos receptores ( onde os neurotransmissores se ligam) pode ser um fator modulado por medicamentos.

Enxaqueca está ligada o excesso de atividade serotoninérgica. Alguns antidepressivos bloqueiam sub tipos de receptores serotoninégicos.

Existe um conceito antigo em que se chamava de "depressão mascarada" a certas manifestações somáticas ( dores ou manifestaçãoes psicossomáticas) que seriamcorrelatos de depressão em pessoas sem sintomas depressivos.
Hoje em dia pouco se fala disto , mas o fato é que diversas dores podem ser tratadas com antidepressivos.

Km
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.psiquiatriahoje.com.br
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Antidepressivos: Introdução e Indicações   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Antidepressivos: Introdução e Indicações
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Indicação de Filme: "Mãos Talentosas: A História de Ben Carson"
» A indicação da balança
» Indicação de livros ITA - Renato Brito
» Introdução a Eletrostática
» Indicação de livros de embasamento ITA/IME

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Forum Psiquiatria Hoje :: Psicofarmacologia: :: Antidepressivos-
Ir para: